Conheça a perpétua-roxa



Perpétua-roxa (Gomphrena globosa), uma planta medicinal mais que especial. Muito conhecida em Portugal, porém aqui no Brasil é cultivada, na maioria das vezes, como ornamental. Alguns a confundem com a perpétua-do-brasil ou perpétua-do-mato (Alternanthera brasiliana), uma planta espontânea nossa, porém completamente diferente.

Suas inflorescência são rosas, porém as flores mesmo são diminutas e possuem coloração entre o creme e branco. São usadas no preparo de infusões e possuem ação anti-inflamatória, combatendo dores de garganta e de cabeça, rouquidão, tosse, asma e bronquite e dão origem a uma bebida de tonalidade rosada, similar ao da perpétua-do-brasil (por isso a confusão de nomes). Uma delícia de infusão!

Repleta de antioxidante, ajuda a combater o envelhecimento precoce e doenças degenerativas.

Dela pode ser feito floral ou até mesmo um incenso de amarração (smudge stick), sendo que sua principal ação é a de auxiliar a vermos o lado bom de um evento ou acontecimento ruim. Ou seja, ideal para esse momento no qual vivemos!

Por aqui, tenho usado bastante ela para saborizar o kombucha, juntamente com manjericão-canela e capim-limão...delícia!!

Tê-la no jardim é muito fácil, é uma planta rústica que gosta de ambiente bem quente, ensolarado e mais seco. Por ser uma planta anual, floresce e morre, porém oferta tantas sementes que ao caírem na terra irão gerar novas mudas nos meses seguintes.

E além de tudo, fica linda no jardim. Como não amá-la??


#florescomestíveis #herbalismo #plantasmedicinais #fitoterapia #herbologia



                                                                                    São Paulo, SP - Brasil 

©Gabriela Pastro/Hortas e Saberes

                               contato@hortasesaberes.com.br