top of page

Água oxigenada na jardinagem: vale a pena?

A jardinagem tem tendência também, por exemplo, estão na moda as plantas rosadas, como aglaonemas. E outra coisa que está na moda é aplicar peróxido de hidrogênio, a famosa água oxigenada, nas plantas.


Relutei muito para testá-la, mas cada dia mais estava recebendo perguntas {do meus alunos} sobre ela e seus usos na jardinagem. Então não tive como fugir mais. Mas porquê relutei? Essa solução é altamente fungicida, bactericida e antibiótica, ou seja, combate os microrganismos. O solo, o ar, as plantas, nós, ou sejam tudo que é natural apresenta microrganismos e, em sua maioria, são bons é bem vindos. Ou seja, quando usamos a água oxigenada na jardinagem estamos irrestritamente matando todos. Naturalmente existe água oxigenada na natureza, como no solo, mas em baixas proporções.


Por isto, o uso deve ser pontual e bem controlado. A água oxigenada tem ótimos efeitos naquelas plantas que não vão nem para frente e nem para trás, não morrem, mas também não são novos brotos. Por aqui, apliquei {já explico como} na lumina (Chlorophytum orchidastrum), tenho-a há uns 4 anos e sempre ficou bem, mas há uns 6 meses começou a definhar. Nada que fazia dava certo, troquei substrato, adubei, mudei de lugar, aguei menos, aguei mais…enfim só caíam as folhas e ela não morria.



Foto da lumina logo quando comprei.



Então há 1 mês resolvi aplicar a danada da água oxigenada, pois mais nada dava jeito. E hoje ela está assim, soltando novos brotos e vindo novamente!


Esquerda: há 1 mês atrás. Direita: 1 mês após o tratamento.



Utilizei água oxigenada volume 10 a 3%, é bem fácil de achar na farmácia. Para aplicação basta diluir 1 parte de água oxigenada para 10 de água e colocar esta solução em um borrifador ou regador. Ela servirá tanto para regar como para pulverizar, porém sempre deverá ser feita no fim do dia para a planta e o solo não receberem luz solar. Por aqui estou aplicando a cada 10 dias mais ou menos, já estou na terceira aplicação. Irei parar quando perceber que está fortalecida. Muitos jardinistas usam concentrações mais altas dela, mas não indico, pelos motivos citados acima. Vá com calma que ela volta, jardinar é ter paciência.


Minha opinião: não aplicaria em canteiros (diretamente no solo natural), pois poderia causar um desequilíbrio no sistema. Também não aplicaria naquelas plantas que estão fracas, mas que as outras formas de cuidado dariam conta. Somente usaria como último recurso.


Importante: quando for manipular a solução use luvas e cuidado com olhos e nariz, pois é irritante.


Por fim deixo uma reflexão...a planta fica linda aplicando água oxigenada? Fica, mas vai da consciência de cada um ponderar o bônus e o ônus.


Ficou com alguma dúvida? Comente logo abaixo nos comentários.



1.157 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Unknown member
Aug 05, 2022

A brotação ocorre toda vez que a parte aérea está morrendo. Ideal é usar água oxigenada em sintomas iniciais nas folhas, onde o excedente escorrerá apenas para região do caule. Dessa forma evitando mortandade de todos microrganismos benéficos no solo.

Like
Replying to

Aderval, obrigada pela dica!

Like
bottom of page