Jardim de chás | 5 plantas medicinais para ter em casa


Hortelã-pimenta: combate dores de cabeça, principalmente as relacionadas à fadiga mental. Aumenta o ânimo e dá foco.

Alecrim: revigorante e energizante, perfeito para momentos de gripe, no quais ficamos mais caidinhos.

Camomila: alivia o cansaço, promove um sono tranquilo e combate cólicas estomacais e menstruais.

Manjericão: digestivo, combate dores estomacais e de cabeça, como sinusite.

Sálvia: auxilia no tratamento de problemas respiratórios, possui ação expectorante, e dores de garganta.

Como cultivá-las...

Hortelã-pimenta: precisa estar em floreira, bacia ou diretamente no chão, assim poderá espalhar melhor. Plante em terra bem adubada com composto orgânico, húmus de minhoca ou esterco de vaca. Pode-a frequentemente para não ficar com os ramos pelados.

Alecrim: sozinho em um vaso profundo, acima de 20 cm de profundidade, ou em canteiros. Gosta de terra solta e bem drenada, você pode adicionar areia ou vermiculita à terra de plantio. Não querer grandes e nem frequentes podas.

Camomila: tenha-as em floreiras ou diretamente no chão. Gosta de terra leve, solta e bem drenada. Ideal plantar a partir de sementes. Pode suas flores para preparar o chá logo que começarem a surgir.

Manjericão: de fácil cultivo, é uma das ervas medicinais mais produtivas do jardim. Plante-o em terra rica em matéria orgânica e adube com esterco, húmus de minhoca ou composto orgânico. Faça podas regulares de suas flores.

Sálvia: desenvolve-se bem em vasos e canteiros, desde que a terra não sofra encharcamento. Na hora do plantio, adicione areia ou vermiculita à terra para deixa-la mais bem drenada. O excesso de água em suas folhas propicia o desenvolvimento de fungos.

E agora mãos à terra!!


458 visualizações

                                                                                    São Paulo, SP - Brasil 

©Gabriela Pastro/Hortas e Saberes

                               contato@hortasesaberes.com.br